Redução de impostos sobre jogos eletrônicos diminui preços dos consoles da nova geração, mas nem tanto

Apesar da queda, valores continuam salgado para o bolso dos brasileiros. Entretanto, isso não significa que os jogos eletrônicos não são consumidos no país

Créditos: Future

Anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 26 de outubro, a redução do IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados) impacta diretamente no valor dos novos consoles da Sony e da Microsoft, que chegam no Brasil ainda em novembro deste ano.

Para os videogames, as alíquotas foram reduzidas de 40% para 30%. Para máquinas de videogame com a tela incorporada, como o Nintendo Switch, o IPI caiu de 16% para 6%. Já para acessórios e partes dos consoles, a alíquota passou de 32% para 22%.

Por isso, as empresas já estão divulgando os novos valores dos produtos, que estão dispostos no gráfico abaixo:

Mesmo com a redução, os preços continuam salgados para o consumidor brasileiro, que tem hoje o salário mínimo em R$ 1.045. Com o videogame custando mais que o dobro do salário base e o valor dos jogos rodando, em média, em R$ 250 reais, fica visível a dificuldade em ter acesso à essa tecnologia.

Mesmo assim, os jogos eletrônicos continuam sendo uma paixão nacional. De acordo com os números citados por Thomas Felsberg, GC e responsável por parcerias e estratégicas da BBL, holding de entretenimento gamer, durante o Workshop de Competição promovido pela Anatel, atualmente o Brasil possui 95 milhões de gamers, número que representa quase metade da população presente no país.

Já no ranking entre os países onde os jogos eletrônicos são mais populares, O Brasil ocupa a 3ª colocação. O país está atrás apenas dos EUA, que possuem uma renda per capita maior, e da China, que ganha em população.

Mesmo com a alta do dólar encarecendo os produtos, o faturamento do varejo com a venda de consoles cresceu 34,1%, segundo divulgado pela revista Valor. As estatísticas levam em conta apenas a contabilidade registrada entre os meses de janeiro e agosto. Isso mostra que, mesmo ganhando pouco, o brasileiro não perde a chance de se divertir em frente às telas.

Um comentário em “Redução de impostos sobre jogos eletrônicos diminui preços dos consoles da nova geração, mas nem tanto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s